Momentos e atitudes inconscientes – vamos mudar?

Padrão

positive thinkingSim, somos todos seres em evolução, caminhantes e aprendizes de um viver melhor com o outros e – principalmente – nós mesmos. É natural que ainda erremos, mas deve ser ainda mais natural a forma com que aprendemos com os erros e voltamos à quadra quântica. Voltar é necessário.

Quantos de nós ainda não sai do prumo, baixa a frequência, desconecta-se? Com isso quero dizer aquelas atitudes que podem – no começo – passarem despercebidas, como uma posição raivosa logo ao acordar, irritando-se com tudo, desde o passarinho que deixou a sua marca na varanda, o café que respingou na roupa e as notícias “deliciosas” do jornal (que servirão, inclusive, para alimentar esta raiva e seu processo degenerativo ao longo do dia). Não podemos deixar de lado o pessimismo atrator de mais pessimismo. Não, a tal estória do “o segredo” não é bobagem (aos menos na sua estrutura essencial), e os princípios lá discutidos têm plena aplicação no nosso cotidiano, basta prestar atenção. Uma reclamação gera energia para uma segunda reclamação. Um julgamento, dá espaço para mais um julgamento… e quando vemos, lá se foi o bom humor e muitas palavras sobre a vida dos outros, o que deviam e não deviam fazer, etc., etc.

Atitudes como estas tendem a reduzir o nosso campo vibratório, prejudicar a nossa conexão com a espiritualidade (e aqui eu quero dizer a conexão que nos ilumina, que nos abençoa, que nos envolve em auxílio para nossa caminhada), deixando-nos mais suscetíveis para inúmeras enfermidades (do corpo e da alma).

No entanto, passageiros nos estudos do despertar, vamos acumulando material que pode nos auxiliar (e muito) em retomar de modo mais rápido a rotina do bem-estar e bem-viver. Entendamos: todos ainda erramos. Mas, sem culpa e com consciência, devemos retomar a caminhada. Isso é imprescindível.

Se você não está bem hoje, sente-se triste, perdido, solitário, impaciente, pessimista, com qualquer doença que seja, procure mudar a vibração. Minha primeira sugestão é procure despreocupar-se. Vamos lá, pode ser uma experiência interessante!

Dalai Lama já dizia que a preocupação é inútil, pois em nada ajuda no encontrar da solução. Se existe uma solução, diz ele, não se preocupe pois você encontrará. Se não existe, também não se preocupe, pois você não irá encontrá-la. E finaliza, se não existe solução, solucionado está. Pense nisso. Integre isso.

Mudar o pensamento é um caminho seguro à rota do bem-viver. Por hoje, ao menos por hoje, tente deixar de lado as dores que o seu campo mental tem produzido e infligido contra você mesmo (afinal, existe algum outro ser que é mais prejudicado pelas más energias que emite do que você mesmo?) e permita-se um novo fluxo energético, mais benéfico e libertador. Não é papo de autoajuda não, é atitude consciente contra a ignorância do ser.

Lembre-se, não existe solução mágica sem mudança de atitude. Não existe mudança de resultado sem mudança do movimento que gera o resultado. Se deseja um resultado diferente para sua vida, permita-se agir de forma diferente e então poderá, com os próprios olhos e coração, sentir e saber o novo. Um dia de cada vez. E continue. Continuar é preciso. Digo isso pois muitas pessoas que começam a ter atitudes positivas acabam por desistir em pouco espaço de tempo. Isto porque esperam que – de repente, após uns dois ou três exercícios mentais positivos – suas vidas fiquem totalmente integradas ao bem-estar espiritual (e material). Ora, enquanto o pensamento negativo dominar a sua vida, os resultados terão esta interferência. Portanto, para que alcance o maior número de resultados felizes, maior deverá ser a frequência da sua vibração na luz.

Como na meditação, é com a perseverança que alcançamos a paz interior.

Saudações positivas – spagbas.

Anúncios

»

  1. Spagbas, é tão revitalizador seu texto, e sabemos conscientemente que este é o caminho…basta apenas se dar oportunidade de despertar com o clik que precisamos quando estamos envolto nestes sentimentos que diminuem nossa vibração positiva. Seria interessante lermos como uma oração, todos os dias, para introjetar, nos policiar, entrar no ritmo, para que nada atrapalhe nossa evolução.Obrigada pela luz. Leila

    • Leila, obrigado pelo seu comentário. E é exatamente essa a proposta: o exercício contínuo da prática do pensamento, atitude e vibração positiva. Saudações, Marcos.

  2. Adorei Marcos, é isso mesmo! e vamos aprendendo com essa magnífica oportunidade que é viver no planeta Terra, uma grande escola da vida!
    bjs
    Stella

  3. Como é bom saber que ainda não acabou!
    Como é bom abrir os olhos, respirar e VIVER!

    Obrigado por tais palavras!

    G.Gouveia

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s