A aventura de Ser

Padrão

O que importa é que o caminho tenha um coração – Dom Juan/Carlos Castaneda

Humanizar-se é uma aventura endereçada à luminescência do Ser.

E essa aventura pode ter início através da mudança do olhar, quando a paz tem a oportunidade de perdurar caso paremos de negar a nossa realidade atual cheia de imperfeições, pois o Self, que emerge do ego, um dia se manifestará plenamente, como a borboleta da lagarta.

Talvez uma atitude que ajude a agenda dessa aventura seja a  adoção de não levar nada muito a sério. Em seguida, buscar enxergar o que há de positivo nos outros e a sombra em si mesmo, mas sem deixar de se ligar ao bem e ao belo que se desdobram em todas as situações.

Às vezes, em dias nebulosos, muitos reclamam a falta do sol. Mas, na realidade o sol está sempre presente. Então, a tarefa ordinária de cada dia é procurar ver além e não se deixar reter  pela circunstância temporária da falta ou da impressão (enganosa) da falta, pois tudo passa e é da essência florescer.

Sem dúvida, humanizar-se implica liberar-se das cadeias das normas parentais, sociais e culturais porque a liberdade é o grande desafio. E será essa liberdade que alimentará o roteiro aberto e criativo da originalidade, rompendo com as malhas convidativas, pois aparentemente mais fáceis, do jogo da inautenticidade e do já conhecido.

A escuta do Cristo no interior de nós mesmos também coopera com o discernimento adequado a cada instante e evita o estancamento do devir, dos que deixam de investir nos talentos que receberam da própria vida, porquanto essa voz interior exige fidelidade e ousadia, embora paradoxalmente dependa de atitudes inclusivas, colhidas na vida de relação.

Humanizar-se provoca uma pergunta: que tipo de felicidade buscamos?  Frequentemente confundimos felicidade com segurança, pois se o pão é necessário, o ser humano não é somente o homo economicus… Somos carentes de outras qualidades e sentimos urgência de amor, amizade, compaixão, de um caminho evolutivo, que nos leve a conspirar pela inteireza do projeto humano – eis a grande aventura pessoal e coletiva.  

Eugênia Pickina – Palavra Terra

Anúncios

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s