Frustração

Padrão

20130412-085023.jpg

Hoje poucos tem sustentação emocional para frustração.
Desde cedo a criança é poupada das lágrimas, da dor, do não, e com isso vai se enfraquecendo diante da adversidade da vida.
Quando tudo temos, nada somos.
Os desafios são necessários para que nossa alma se fortaleça e se expresse,ou seja, saiba o que quer.
Sem conquistas e batalhas para se realizar os sonhos, tudo fica muito fácil e a vida vazia – este é o perigo.
Gente mimada é muito difícil no trato, na convivência do dia a dia. São aquelas pessoas que sempre têm uma questão sobre tudo, são exigentes, controladoras, se sentem inadequada em todas as circunstâncias e exigem amor a todo custo.
Para elas o mundo sempre deve algo e não se satisfazem com nada e em nada. São desencontradas.
É dever e compromisso dos pais e adultos ajudarem nessa tarefa dos que estão se construindo.Sair do velho padrão de suprir, para o “você tem que merecer o quer”. Ter suporte emocional para ouvirem os gritos da manipulação e cumprir a tarefa de impor limites. Quando as coisas vem com facilidade não são valorizadas. O sabor está no exercício da capacidade, no teste pessoal. Errar faz parte do show da vida. Recomeçar faz parte do grande palco desse espetáculo onde somos os personagens.
É preciso treino, dedicação, paciência e determinação para se chegar onde se quer. Com tudo fácil e de mão beijada vai se construindo invejosos que não suportam ver a conquista e o brilho do próximo.O mundo precisa cada vez mais de seres fortes, determinados emocional e espiritualmente. É sempre mais fácil acusar, culpar o outro pelo que acontece em nós, como a dor, frustração, raiva, etc.
Podemos nos aliviar nos enganando e ficando na superfície da questão.É preciso maturidade e fortalecimento interno para que toda uma situação seja modificada e transformada. Até que não façamos um mergulho profundo dentro de nós para que saibamos de onde vem esses sentimentos que nos impedem muitas vezes de nos sentir plenos, a nossa criança mal formada dentro de nós não cresce, não aflora e não se torna autossuficiente e buscará sempre no outro o preenchimento, e jamais será preenchida.

Que todos os seres sejam felizes!

Com amor e em amor

Tereza Ananda Hayaam/Tereza Valler

Anúncios

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s