A alma habita o corpo

Padrão

20130606-085726.jpg

A vaidade descabida e a pressão social fazem com que muitos entrem num estado de correspondência corporal de perfeição.
Nada de errado com um corpo saudável, cheio de vida, mas estar correspondendo a terceiros para ser aceito é agredir-se.
Muitos machucam o corpo rejeitando-se, alimentando-se de coisas que prejudicam o bom funcionamento, como bebida em excesso, drogas, remédios, cirurgias agressivas que acabam por descaracterizar o que vem herdado da ancestralidade.
Nada contra os ajustes, uma necessidade interna, uma transformação que contribuirá para melhorar o todo, dar mais autoestima.
Um corpo saudável e feliz expressa energia vital e prânica.
Além disso, aceitar-se é o primeiro passo para um corpo vivo.
Quem tem vergonha do seu corpo não tem paz interior.
Quem julga o outro pela aparência corre o risco de não ver e sentir o coração.
Sentir o corpo e ouvi-lo, tocá-lo para atender e entender suas necessidades, é dar-lhe mais oportunidade de florescer, afastando a repressão e autonegação.
Tudo começa pelo corpo e termina nele.
Como ele se expressa corresponde à forma como ele fala com cada um de nós.
O corpo fala em cada momento que passamos e nos avisa em todas as mudanças, sejam elas de ordem: emocional,mental, espiritual ou física.
A alma se expressa através do corpo e não o contrário.Nesse templo sagrado habitamos nessa trajetória terrena, em tempo indeterminado.
Mas,enquanto estivermos aqui, devemos tratar o corpo com respeito, sutileza, reverência e cuidado.
Uma alma alegre tem um corpo são. Despertar a alma através de todas as benesses que possamos oferecer é reverenciar e celebrar a vida.
E como uma fonte de oferendas elevadas, podemos permitir que o corpo manifeste os desejos da alma de sentir para expressar, amar, dançar e se alegrar, no altar dos dias tão transitórios.
Afinal, desta jornada apenas levaremos a essência, a alma, e nela estará o registro da nossa passagem por aqui.

Que todos os seres sejam felizes e estejam em paz!

Com amor e em amor
Tereza Vallér/ Ananda Hayaam

Anúncios

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s