Honrando o Sagrado Feminino

Padrão

20130615-174851.jpg

As mulheres em tempo antigos honravam a sua natureza, o seu ritmo biológico e o corpo seguia o ritmo da Lua.
Honravam todas as manifestações do corpo, honravam o Sagrado feminino, o templo sagrado, seus movimentos …de forma natural. E eram ainda honradas pelos homens que as reverenciavam pelo seu grande poder que não era pela competição, mas pela magia de ser mulher.
Com o tempo, as cobranças da sociedade, o sistema passou a ser cruel e exigente.Muitas mulheres então adotaram comportamento masculinos afastando-se da sua alma, sofrendo consequências tanto física, mental e espiritual – e que são a negação da essência feminina.
Homens e Mulheres nasceram para brilharem juntos!
Esse é um momento precioso, de autorresgate para que nós mulheres nos respeitemos, façamos uma reflexão sobre o que realmente queremos e gostamos. Um instante para aprendermos formas de atender, não as exigências impostas pelo sistema no qual estamos inseridas, mas sim conseguir corresponder só naquilo e aquilo que nos fará crescer e florescer. Mesmo que seja difícil!
Podemos olhar para dentro de nós e ouvirmos o que realmente toca nossos corações e realizarmos nossos reais desejos, sejam eles sexuais, profissionais ou pessoais.Tomar nas mãos nossa sexualidade e prazer, além de tudo e de todos. Principalmente procurar não esquecer nunca o que somos (e de sermos): MULHERES.
Sem alarde vamos fazendo e desenvolvendo nosso papel nesse mundo, conquistando através da amorosidade o nosso lugar.
E o Sagrado Feminino agradece e vamos caminhando tantricamente rumo ao que somos:Shaktis encantadas!
Delicadamente vamos tateando nossa existência, com nossa inteligência, conectadas ao divino.Ser e estarmos mulheres, de forma essencial, com sensibilidade, implica estarmos no mundo,lidando com todos os problemas de frente com força e coragem, pois isso nos pertence de forma intuitiva e para nos tornarmos cada vez mais admiráveis e essencialmente femininas!

Com amor e em amor
Tereza Ananda Hayaam

Anúncios

Uma resposta »

  1. Lembra mulher de quando teus pés descalços pisavam na terra molhada, depois da tempestade tão esperada…Recorda quando teus ouvidos sabiam compreender as mensagens que o vento assoprava para o teu espírito…Inspira fundo e sente o aroma daquela época onde viveste próxima aos frutos e às flores e tudo acontecia em tempo certo, sem apressamentos…Compreende que teu corpo e tua alma obedeciam à voz da Grande Mãe, e tua vida fluía plena de sabedoria, pois tu representavas a Deusa, o sagrado feminino, e de ti resplandecia toda a generosidade…Recorda que conhecias bem os mistérios da lua, tua irmã, e te guiavas por instintos e intuições, sonhavas com as respostas e cheia de confiança em teu coração guiava a tua vida e de tantos outros por caminhos seguros…Tua natureza, sempre disposta a dar vida e dela cuidar, ligada por estreitos laços aos ritmos e ciclos do universo, sabia cantar e dançar, e assim espalhava alegria pelo norte, pelo sul, pelo leste e pelo oeste, sem perder o teu centro…Rosa dos ventos e dos tempos, hoje estás novamente aqui, mas não te esqueça jamais de continuar a cumprir o teu sagrado papel…O Universo ainda carece do teu feminino…Ah! Então canta e dança e o destino dos homens se cumprirá!

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s