Amor orgânico

Padrão

20130706-132956.jpg

Que bom seria se o amor fosse orgânico.Cultivado em terra natural, limpa, preparada, revolvida e adubada com verdade, alegria, sem medos, recebendo espontaneamente o Sol, a chuva, as estrelas, as luas, o frio e o calor. Sementes de qualidade espalhadas nos jardins dos sentimentos, trazendo no seu DNA as essências mais nobres, sem resíduos venenosos, para florescerem.
E, ao se abrirem em frutos, flores perfumadas, suculentos, para doação e entrega, preenchidos de autoestima, amor próprio, confiança, coração cheio de amabilidade,inspiração, doçura e gentileza.
O amor orgânico só floresce em terra sem agrotóxico das paixões e emoções exageradas, doentias, que impedem o desabrochar e envenenam o próprio ser.
Não há, pois, artificialidade, adubos poluídos de sombras, metais pesados de autopiedade, que fazem com que o amor perca o frescor, a qualidade, se modificando na sua essência, sabor e prazer.
Mesmo que seja de aspecto menor, surpreende com seu alto valor nutritivo de cura, cheio de beleza e delicadeza.
Nada pode ser doce ou amargo em excesso. A admiração e o respeito têm que estar presentes na composição da fórmula básica.Emoção excessiva derrete as rimas e as harmonias.Portanto, tudo na medida certa.
A cabeça estará melhor se ligada ao peito e conforme os compassos do coração.Tudo energizando o corpo, a alma e fortalecendo o amar e o sofrer sem temer que o mundo acabe.
As expectativas deverão estar só naquilo que se sabe alcançar e nunca ultrapassar a realidade.Amar sem medida, sem deixar que o amor cegue, para depois saber voltar para casa, inteiro e fortalecido.
O amor orgânico é precioso e iluminado por fazer parte de uma colheita rara que se chama entrega.
O amor orgânico é espiritual porque é o relacionamento com o mundo, com o outro, conosco e com Deus. Na clara luz não há segredos. Em terra pronta e fértil não há solidão ou desespero.Só a ordem espiritual da criação. E o amor e a alegria fazem parte, florescem juntos, pois só assim nesse estado de graça sentiremos a alma.

Que todos os seres sejam amor!

Tereza Ananda Hayaam\Tereza Valler

Anúncios

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s