loja-magica-de-brinquedos-poster03t

Leitura psicológica

É comum no mundo adulto sem tempo para nada perdermos a fé, perdermos a capacidade de brincar, de sonhar e imaginar. (Os mutantes, e os “é só”)E mesmo aqueles que acreditam e continuam a acreditar em tudo isto, acreditam no brilho dos outros, mas não no próprio brilho. (a gerente Molly Mahoney) A magia da vida é vista por aqueles que crêem em algo mais do que o “é só isto”, aqueles que conseguem se divertir com o simples e o imaginário, aqueles que se mantêm brincando e não levando tão a sério as tarefas e as diversões de adulto. Às vezes somente quando não vemos mais saída, quando nosso mundo conhecido e seguro rui a nossa frente, quando nosso mundo é abalado em sua estrutura, quando morre o conhecido para nós é que pode nascer o novo, uma nova história, uma nova página do livro da vida. Só ai o inesperado ou o inexpressivo (cubo de madeira), se revela e dele fazemos surgir o inusitado em nossa vida e ela ganha sentido. Parece que nosso brilho está escondido e bloqueado pela falsa crença que temos de nós mesmos. Perdemos a capacidade de enxergar em nós o inusitado, a expressão única do nosso ser, e nos agarramos a pálida miragem e ilusão do que nos fizeram acreditar que somos. Somos muito mais, mesmo esquecendo-se disto. Temos uma essência, um self e uma luz que nos faz únicos e maravilhosos. E só quem vive plenamente pode morrer de forma simples e sem dramas. Porque a vida foi repleta de significado e a morte não pode e não tem como destruir.

Por Flávio Vervloet

Escreva seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s