Arquivo da tag: Linguagem

A alma habita o corpo

Padrão

20130606-085726.jpg

A vaidade descabida e a pressão social fazem com que muitos entrem num estado de correspondência corporal de perfeição.
Nada de errado com um corpo saudável, cheio de vida, mas estar correspondendo a terceiros para ser aceito é agredir-se.
Muitos machucam o corpo rejeitando-se, alimentando-se de coisas que prejudicam o bom funcionamento, como bebida em excesso, drogas, remédios, cirurgias agressivas que acabam por descaracterizar o que vem herdado da ancestralidade.
Nada contra os ajustes, uma necessidade interna, uma transformação que contribuirá para melhorar o todo, dar mais autoestima. Leia o resto deste post

Anúncios

A FAMILIA ESTÁ FALIDA??

Padrão

A Família depende das bases, fronteiras e outros quesitos necessários, onde ela esteja bem estruturada e sustentada. São as bases familiares que mantém essa estrutura tão importante e sagrada. A família falida é aquela que vive fora de uma realidade, que tem medo de enfrentar as dificuldades, tem segredos velados, não admite o desenvolvimento normal dos filhos: não permite que eles passem pelas dores, pelos amores e as frustrações ante as desilusões inerentes a vida. Famílias em  que nada acreditam.

É falida quando os pais fingem felicidade brincando de “família feliz”, desrespeitando seu núcleo ao ocultar os resultados negativos, desmerecendo desta forma a sensibilidade e observação dos filhos. Quando não permitem aos filhos viverem a verdade e mostrar essa verdade nos olhos. Quando as fronteiras rígidas impedem o contato com o mundo ou no outro extremo, as permissivas em excesso, desequilibram a liberdade real tornando-a libertinagem.

É falida quando o “diálogo” é feito com coação, chantagem, mascarando a falta de respeito. Quando os pais são repressores, chatos, que estão sempre dando suas opiniões sem serem solicitados, como se fossem donos da verdade. Pais competidores, que não admitem o período de crescimento dos filhos e começam e se igualar…um exemplo? Mães que se vestem como as filhas tentando roubar a cena, falam gírias descabidas, se intrometem e invadem as conversas dos jovens, achando que estão agradando. Pais que não admitem que os filhos despertem na sexualidade e vivam suas experiências nas etapas permitidas.

É falida quando induz os meninos precocemente a prática sexual, violentando-os motivados pelo medo que o filho seja homossexual. Pela superproteção, falta de atenção, ausência. Quando não tem tempo para escutar, para tocar, para compreender, acariciar ou simplesmente abraçar em silencio, dizendo estou aqui.  Não é efetivo também estar o tempo todo ao lado, se a presença é vazia e ausente, ansiosa e descontente.

Educar com culpa, com medos, proibindo que os filhos possam despertar e apontar os “defeitos” faz as famílias mudas e dissimuladas..Famílias críticas, que falam banalidades, sarcásticas, ferindo sentimentos sem o menor respeito ensinam da pior forma possível fazem desses filhos pessoas indesejáveis no social. Pais que tornam seus filhos escravos dos seus sonhos não realizados, impedindo que vivam suas próprias historias.

Família falida é principalmente a que não permite que cada um, individualmente se expresse como se sente, que não permite a linguagem dos sentimentos. E quando alguém consegue se expressar é considerado “o problemático”. Uma maior conscientização mesmo que sofrida é melhor antes que depois, para que não se torne realmente falida. Onde há o amor, a linguagem do coração, da espiritualidade, da ternura do afeto, tudo se torna passível de mudança. As ajudas estão aí e por aí, para quem quiser usá-las.

Que todos os seres sejam felizes e estejam em paz!!

Tereza Valler

Girassol – Arquétipo do Pai

Padrão

Girassol

O Girassol tem uma imponência e um porte majestoso. Seu nome científico é Helianthus annus, que significa ”flor do sol”. É uma planta originária da América do Norte. Suas flores brilham intensamente, são voltadas para o sol e seguem sua rotação.

Sabemos que a flores possuem um linguagem própria e sempre as procuramos quando queremos falar das emoções mais profundas de nossa alma. Muitas vezes, elas expressam aquilo que as palavras comuns não conseguem dizer. Através das flores falamos a linguagem da alma. Cada flor tem uma virtude a nos oferecer. Qual é a virtude contida nessa belíssima flor?

A mensagem que o Girassol nos traz é arquetípica, é a lição da volta ao pai, da integração com os aspectos masculinos do Eu, com o nosso senso de individualidade equilibrado, a busca do nosso sol interior.

O Sol é o símbolo maior da identidade pessoal, é a imagem que traduz o espírito masculino. Todas as vezes que precisarmos alinhar nosso ego com nossa mente superior para fortalecê-lo , para que possamos enfrentar as dificuldades do nosso dia-a-dia, podemos entrar em ressonância com essa flor e acolher todas as suas virtudes para nos deixar ser preenchidos por sua luz, pois no centro do nosso ser também temos um “pequeno sol”, o nosso coração.

Vamos sintonizar com essa imagem e deixar que ela atue em nós, trazendo  as qualidades do masculino para nosso ser. Que possamos ser preenchidos por essa luz!  E vivenciar uma personalidade solar, radiante!

girassol

Vilma Domeneghetti